Conexão Noticias

Conexão Noticias
http://conexaonoticias.com/

About

domingo, 14 de julho de 2013

São Pedro de Caiçara em Sua Segunda noite atrai multidão

 Mais uma festa de são pedro de Caiçara/PB desta Vez na administração do prefeito Cícero superou todas a demais.
Breno e Fabrício e respectivas esposas

Prefeito Cicero, Berenice e Jornalista Fernando Lúcio

Tatiane, Benilson, Marta, Kátia 



redação

sexta-feira, 12 de julho de 2013

PREFEITO É RECEBIDO COM FESTA



O prefeito de Caiçara Cícero da Eletrolar foi recebido na cidade por centenas de pessoas. O gestor do município que retornou de Brasília, onde participou da marcha dos prefeitos, foi recepcionado por moradores de caiçara que o esperavam na entrada da cidade, a multidão o seguiu até a prefeitura.
Cícero agradeceu o carinho da população. O prefeito visivelmente emocionado disse que jamais vai mudar seu jeito de ser. Que seu objetivo maior é servir a população caiçarense. 








TEXTO E FOTOS: PESSOA DE ARAÚJO - GAZZETA DO BREJO 
pessoagazzeta@hotmail.com 

CAIÇARA – PROTESTO INUSTO




Professores de Caiçara, fazem manifestação sem lógica.
Na gestão passada algumas pessoas que passam no concurso público para agente administrativo, estavam trabalhando como professor, Cícero no seu dever apenas colocou elas em seus devidos cargos, já que os mesmo não tinham passado para o cargo de professor e sim para o cargo de agente administrativo.
Nisso vemos que a manifestação não tinha lógica, pois Cícero apenas fez o que era certo. 




texto e foto: PESSOA DE ARAÚJO - GAZZETA DO BREJO 
gazzeta@gmail.com 

terça-feira, 9 de julho de 2013

Prefeito divulga programação da festa de São Pedro em emissora de rádio da região


DSC05351Não vamos fazer um evento do tamanho que queríamos, mas vamos procurar da melhor forma possível, garantir que o caiçarense e os visitantes se divirtam em um evento feito com muito carinho.” As palavras foram ditas pelo Prefeito de Caiçara, Cícero, durante uma entrevista concedida à Rádio Correio da Serra/Solânea-PB, na última sexta-feira (05).
O chefe do executivo municipal disse que os recursos que o município dispõe não são suficientes para a realização de um grande evento e que para realizar a edição da festa de São Pedro deste ano, foi preciso diminuir alguns gastos. “A situação financeira do nosso município não é confortável, mas percebemos que o caiçarense gosta de festa. Não podíamos deixar de realizar este evento que é tradição em nosso município.” Comentou Cícero.
A festa de São Pedro deste ao acontece entre os dias 12, 13 e 14 de Julho e conta com festival de quadrilhas, concursos de trios de forró pé de serra e shows de Adriano José, Paroara do Acordeon, TJ Show, Forrozão Vip, Ferro na Boneca e Limão com Mel.
O evento contará ainda com uma mega estrutura de palco, som e luz; camarotes e segurança.
ASCOM/PM de Caiçara-PB

Prefeito dialoga com contemplados de casas populares


DSCN9789Após mais de 20 casas populares, ainda não concluídas, serem invadidas na noite da quarta-feira (03) na cidade de Caiçara, o Prefeito do município, Cícero, esteve reunido na manhã desta quinta-feira (04) com comtemplados do projeto das casas populares para um diálogo a fim de convencê-los a aguardar o fim da obra para terem as casas.
A construção das moradias estava paralisada há anos e foi reativada na atual gestão, mas novamente paralisada por conta de denúncias contra uma construtora que executava a obra em outra parte do país. O cadastro para as casas aconteceu em 2011, mas só foi regularizado na atual gestão.
O chefe do executivo pediu paciência aos contemplados e garantiu que no que depender da sua administração, tudo será feito para que a execução da obra seja retomada. “Acredito que o diálogo é a melhor coisa que podemos ter para resolver alguns problemas e fico feliz pela comprensão da população.” Comentou o prefeito. Adiantou que Gilson Frade, responsável pela construção das casas, teria dado a garantia de retoma a obra na próxima semana, provavelmente já na segunda-feira (08).
A previsão é a de que em poucos dias as casas sejam concluídas e entregues aos contempladas.
Os recursos para a construção dessas casas são originários da união, através da Companhia Hipotecária Brasileira; sendo a prefeitura, a responsável pela fiscalização do andamento da obra.
ASCOM/PM de Caiçara-PB

Secretário de infraestrutura visita reforma e ampliação em posto de PSF


DSC05314Dando segmento às ações de reformas e ampliações de prédios públicos, o Governo Municipal de Caiçara, através da secretaria de infraestrutura e obras do município, está reformando e ampliando o prédio onde funciona o PSF I, localizado no conjunto Antônio Mariz, que atende a um grande número de famílias.
Com a obra o espaço ganha duas novas salas; uma de vacinação e outra para nebulização, e um banheiro para os assistidos pelo PSF. Outros espaços estão sendo melhorados a fim de dá maior comodidade aos usuários do Programa. O prédio passa por melhorias na estrutura física com pintura, na estrutura elétrica e hidráulica, atendendo ainda a Lei de acessibilidade, oferecendo rampas para cadeirantes.
Para o secretário da pasta, Alexandre, que esteve visitando o andamento da obra, nesta quarta-feira (03), a preocupação da atual administração é em melhorar a qualidade de atendimento aos usuários do programa.“Essa administração tem tido a preocupação em melhorar os prédios públicos, principalmente aqueles que recebem a população, como é o caso desse PSF. Tudo contribui para um bom atendimento, desde a pessoa que recebe o cidadão, até as condições do ambiente.” Pontuou o secretário.
A obra deve ser concluída em breve e entregue a população.
ASCOM/PM de Caiçara-PB

Nesta quarta Araruna completa 137 anos de Emancipação Política; Confira a Programação

Nesta quarta-feira (10), Araruna no Curimataú PB, completa mais um aniversário de emancipação política. São 137 anos de história.
Parabéns!!!

Confira programação:
- Hasteamento dos Pavilhões
- Missa em Ação de graças na Igreja Matriz
- Abertura do Campeonato Municipal de Futebol e Reinauguração do Estádio de Futebol
- Reinauguração do Centro Cultural
- Entrega oficial de uma Retroescavadeira e uma Motoniveladora
- Festa com Forró Bakana, Roberto e Seus Amores, Hélio dos Teclados e Fábio Lima.
Dados Históricos de Araruna:
A história de Araruna começa entre 1830 e 1840 quando Feliciano Soares do Nascimento erigiu uma capela em louvor a Nossa Senhora da Conceição. 

Em torno da capela surgiram as primeiras casas que deram origem ao povoado. Em 1854, pela Lei provincial nº 25, foi criado a Freguesia de Nossa Senhora da Conceição. 

10 de julho de 1876, o Presidente da Província da Paraíba, Barão de Mamanguape, sancionou a Lei nº 616, criando o município de Araruna. O ato solene de instalação do município só ocorreu a 11 de julho de 1877, quando tomaram posse os seguintes vereadores: Manoel Januário Bezerra Cavalcanti, presidente, Manoel d´Azevedo Belmont, João Themóteo Queiroz, Targino Pereira da Costa e Joaquim Cassiano Bezerra. 

Desde as suas origens, o município de Araruna esteve sob os domínios políticos da família Bezerra Cavalcanti, entrelaçada com os Carneiro da Cunha, influentes na política não só de Bananeiras, a que estava ligada Araruna, como na política da província. 

A partir da primeira década do Século XX, a família Targino passou a dominar politicamente Araruna. Um domínio que, salvo um pequeno período no Estado Novo, vem se confirmando até os nossos dias. 

O desenvolvimento urbano de Araruna operou-se em três períodos distintos: o primeiro se deu entre a formação do povoado e 1908, quando se iniciou a construção do Mercado Público. O segundo se estende entre a construção do Velho Mercado até 1967, quando foi construído o Mercado Novo. O terceiro período começa com a inauguração do Mercado Novo e se estende até nossos dias. 

A divisão administrativa do município tem sofrido várias modificações ao longo do tempo. Na divisão administrativa de 191, figura com três distritos: Araruna, Tacima e Riachão. Na de 1933, aparece um único distrito: Araruna. Outra alteração aparece nas divisões territoriais de 31.12.1936 e 31.12.1937, onde volta a figurar com três distritos: Araruna, Tacima e Cacimba de Dentro. 

Em 15 de novembro de 1938, em virtude do Decreto-lei estadual nº 1.164, a sede do município recebeu foros de cidade. 

A comarca foi criada pelo Decreto-lei estadual nº 39, de 10 de abril de 1940.
O Nome:
O nome Araruna vem do tupi a´rara una e significa arara preta. Esta denominação decorre do fato de existirem nos primórdios do povoamento, muitas dessas araras. Apesar do significado nome, elas se distinguem pela plumagem azul escuro que vistas à distância parecem pretas. 
A araruna (Anadorhynchus hyacinthinus) (Lath.) é toda azul carregado. Somente a região perioftálmica, desprovida de penas, é amarela.
Geografia:                    O município de Araruna está localizado na microrregião do Curimataú Oriental que por sua vez está inserido na mesorregião do Agreste Paraibano. Abrange uma área territorial de 306 Km2 localizada na serra que lhe empresta o nome. Limita-se ao Norte com o Rio Grande do Norte, a Leste pelos municípios de Campo de Santana(Tacima) e Riachão e a Oeste e ao Sul pelo município de Cacimba de Dentro. 

O município de Araruna difere do quadro geral do Curimataú devido a altitude em que se encontra. A umidade relativa do ar e o índice de pluviosidade superiores aos do clima dominante da microrregião contribuem para a formação de solos mais profundos, favorecendo o desenvolvimento de uma formação vegetal classificada como Mata Serrana com espécies arbóreas e arbustivas da caatinga e algumas espécies da Mata Úmida. A Serra de Araruna é uma Chapada Sedimentar constituída por sedimentos que recobrem o cristalino. Além da Chapada Sedimentar, outras elevações merecem destaques: a Serra do Calabouço e a Serra da Confusão. Próximo às serras ocorrem gigantescos afloramentos de rochas muito antigas que devido à erosão e quebramento adquiriram formas interessantes. Destacam-se a Pedra da Boca, a Pedra da Caveira, a Pedra do Letreiro, a Pedra da Macambira. 

A cidade de Araruna está edificada em um planalto situado na parte mais alta da serra e se eleva a uma altitude de 580 metros acima do nível do mar o que lhe proporciona um clima ameno, cuja temperatura no inverno chega aos 18°C. 

A hidrografia do município tem pouca expressão. São pequenos rios dentre os quais destaca-se o Calabouço, na divisa do Rio Grande do Norte.
Dados Gerais: 
População: 18.879 habitantes (censo 2010)
Eleitores: 13.935 (eleições 2012).
Distância de João Pessoa: 165 km.
Distância de Natal: 120 km.
Distância de Campina Grande: 110 km.
Altitude: 580 metros
Coordenadas geográficas da sede municipal: 6° 31´ de latitude Sul e 35° 44´de longitude Oeste Greenwich.
Prefeito(a): Drª Wilma Targino Maranhão (PMDB)
Vice-Prefeito: Iran Pontes do Nascimento
Presidente da Câmara 2009/2010 – Vereador Francisco Ednaldo (Naldo de Zé de Neco)
Mesoregião: Agreste Paraibano
Microregião: Curimataú Oriental
CEP: 58233-000
Tel. da Prefeitura Municipal: 83 3373.1010

Rômulo participa da Feira Internacional da Moda em Calçados em SP



Rômulo participa da Feira Internacional da Moda em Calçados em SP
O vice-governador Rômulo Gouveia (PSD) representou o governador Ricardo Coutinho na abertura da 45ª edição da Feira Internacional da Moda em Calçados e Acessórios (Francal), que acontece até a próxima sexta-feira (12), no Pavilhão de Exposições do Anhembi, em São Paulo. O evento recebeu personalidades da política e do setor calçadista brasileiro para a largada dos negócios da temporada mais vendável do ano: a primavera-verão.


Durante o evento, Rômulo Gouveia falou dos incentivos concedidos pelo Governo da Paraíba para o segmento. “O Nordeste produz hoje 80% do calçado fabricado no Brasil. A Paraíba hoje representa o segundo Estado em volume de exportação desse segmento. No nosso Estado também contamos com a fábrica da Alpargatas, que hoje produz e exporta para mais de 100 países. Além dos incentivos, o Governo também realiza programas, a exemplo do Empreender Paraíba. Nosso Estado se credencia hoje como um dos maiores exportadores do país”, afirmou o vice-governador.


A feira, considerada a maior no segmento de moda e negócios do setor em toda América Latina, reuniu autoridades de todo país no Auditório Elis Regina. Além do vice-governador, a presidente da Companhia de Desenvolvimento da Paraíba (Cinep), Tatiana Domiciano, também participa do evento, que na abertura contou com as presenças do ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Fernando Pimentel; deputado estadual Julio Semeghini; deputado federal Renato Molling; governador da Bahia, Jaques Wagner; presidente da Associação Brasileira de Lojistas de Artefatos e Calçados (Ablac), Antoniel Lordelo; presidente da Associação Brasileira das Indústrias de Calçados (Abicalçados), Heitor Klein; presidente da Apex-Brasil, Mauricio Borges; vice-presidente do Instituto para Desenvolvimento do Varejo (IDV) e presidente da Magazine Luiza, Luiza Helena Trajano; presidente da Agência de Desenvolvimento do Estado do Ceará, Roberto Smith; diretor-presidente da Badesul, Marcelo de Carvalho Lopes; presidente do Conselho Deliberativo do Sebrae-SP, Alencar Burti; e o presidente da Couromoda, Francisco Santos.

O presidente da Francal, Abdala Jamil Abdala, ressaltou a relevância do evento para o mercado de calçados. “A feira representa o que há de melhor em termos de calçados e artefatos no Brasil. Temos orgulho de representar esse setor”, disse o presidente.


O presidente da Abicalçados, Heitor Klein, falou sobre o atual panorama do mercado calçadista: “A indústria de calçados está pronta e motivada para abastecer o mercado doméstico e aumentar o número de exportações”, garantiu.


Para a presidente da Cinep, Tatiana Domiciano, a feira referenda a excelência da indústria coureiro-calçadista da Paraíba. “A Francal nos possibilita prospectar novos mercados e ampliar parcerias com investidores internacionais. Participar de uma das mais importantes feiras do segmento no mundo credencia a Paraíba não só em novos negócios, nos dá visibilidade para concorrer com os maiores do país”, afirmou.


Representando a presidenta Dilma Rousseff, o ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Fernando Pimentel, falou sobre os esforços do Governo Federal para garantir o dinamismo do setor coureiro-calçadista, do qual disse admirar desde a infância. “Tenho um carinho muito grande pelo setor, porque meu pai teve uma loja de couro no interior de Minas Gerais. Para mim é um orgulho representar um setor que exporta mais de R$ 1 bi por ano”, lembrou o ministro.


Fonte:

Filho de Joaquim Barbosa, contratado pela Rede Globo, recebeu dinheiro de Marcos Valério


Marcos Valério contratou filho de Joaquim Barbosa
Por Helena Sthephanowitz
O grupo Tom Brasil contratou Felipe Barbosa, filho do presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa, para assessor de Imprensa na casa de shows Vivo Rio, em 2010. Até  poucos dias atrás, antes de ele ir trabalhar na TV Globo com Luciano Huck, Felipe ainda era funcionário da Tom Brasil.
Nada demais, não fosse um forte inconveniente: a Tom Brasil é investigada no inquérito 2474/STF, derivado do chamado "mensalão", e o relator é seu pai Joaquim Barbosa. Este inquérito, aberto para investigar fontes de financiamento do chamado "mensalão", identificou pagamento da DNA propaganda, de Marcos Valério, para a Casa Tom Brasil, com recursos da Visanet, no valor de R$ 2,5 milhões. E quem autorizou este pagamento foi Cláudio de Castro Vasconcelos, gerente-executivo de Propaganda e Marketing do Banco do Brasil, desde o governo FHC. Estranhamente não foi denunciado na AP-470 (chamado "mensalão") junto com Henrique Pizzolato.
Outra curiosidade é que um dos sócios do grupo Tom Brasil, Gladston Tedesco, foi indiciado na Operação Satiagraha, sob a acusação de evasão de divisas como cotista do Opportunity Fund no exterior, situação vedada a residentes no Brasil. Ele negou ao jornal Folha de S. Paulo que tenha feito aplicações no referido fundo.
Tedesco foi diretor da Eletropaulo quando era estatal em governos tucanos, e respondeu (ou responde) a processo por improbidade administrativa movida pelo Ministério Público.
Pode ser só que o mundo seja pequeno, e tudo não passe de coincidência, ou seja lobismo de empresários que cortejam o poder, embora o ministro Joaquim Barbosa deveria ter se atentado para essa coincidência inconveniente, dada a sua dedicação ao inquérito. Entretanto, não custa lembrar que se o ministro, em vez de juiz, fosse um quadro de partido político, o quanto essa relação poderia lhe causar complicações para provar sua inocência, caso enfrentasse um juiz como ele, que tratou fatos dúbios como se fossem certezas absolutas na Ação Penal 470. Também é bom lembrar que o ministro Joaquim Barbosa já declarou que não tem pressa para julgar o mensalão tucano, no qual Marcos Valério é acusado de repassar grande somas em dinheiro para a campanha eleitoral dos tucanos Eduardo Azeredo e Aécio Neves.